domingo, 8 de janeiro de 2017

Descubra se o mel que você comprou é verdadeiro ou falso em dois minutos.

01 colher de sopa de água 01 colher de sopa do suposto mel 05 gotas de Iodo a 2%-  Misturar a água com o suposto mel e em seguida colocar o iodo.

Coloração escura indica presença de amido no mel falso. Se a coloração não mudar é um indicativo de que o mel possivelmente é verdadeiro.

Para a análise mais detalhada e para identificação da composição ( acidez, água, tipo do pólen, densidade) , somente com a análise em laboratório.

sábado, 7 de janeiro de 2017

Vacina HPV para meninos – PMDD sabe o que é? E mesentério?

A semana foi movimentada na medicina, depois de séculos de medicina um “novo” órgão foi descoberto: Mesentério é o nome dele, até a semana passada era considerado apenas uma extensão do sistema digestório.

Mas agora foi reclassificado como órgão e vai compor os quase 80 órgãos do corpo humano, abrindo espaço para novas pesquisas e tratamentos.


quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

O que tem no seu olho? - Paralisia de Bell

Paralisia de Bell Também conhecida como: paralisia facial periféria idiopática, mononeuropatia craniana, paralisia facial ou popularmente conhecida como “golpe de vento” ou “ar do vento”

De uma hora para outra, sem qualquer aviso você sente uma fraqueza súbita nos músculos faciais. Ao se olhar no espelho mal reconhece o rosto que ali reflete, tenta sorrir ou fazer assobiar e não consegue e para piorar o desespero seu olho não fecha... esse é um quadro típico da paralisia facial.

Uma doença comum, principalmente entre as mulheres, no entanto pouco se fala do assunto. Neste vídeo Ciro Pimentel faz um breve comentário sobre a Paralisia Facial de Bell, em resposta a algumas perguntas sobre a razão para seu olho ser um tanto “caidinho” Veja o vídeo completo!!

 

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

O que é a Doença misteriosa na Bahia?


Em menos de 15 dias, 23 pessoas deram entrada na emergência dos hospitais de Salvador - BA, apresentando urina escura e dores musculares generalizada e intensa. Diante do quadro clinico duas suspeitas foram levantadas: ou um vírus estaria causando os sintomas ou uma toxina presente em alimentos especialmente peixes. 

O estudante de Biomedicina Ciriaco Pimentel, realizou uma pesquisa sobre o assunto e chegou a conclusão de que se trata mesmo de uma toxina presentes em peixes que causam uma doença já conhecida pela comunidade científica desde 1924 como Doença de Half. 

A doença de Haff é uma doença que foi inicialmente descrita em 1924 na Suécia, depois que moradores de uma localidade que ficava próximo a um lago ( lago Half), apresentaram sintomas idênticos aos da Bahia após a ingestão de peixes. A toxina causa sintomas de rabdomiólise (intensa destruição muscular) gerando dores extremas em todo o corpo e urina preta apos a ingestão de peixe com a toxina. Veja o vídeo completo sobre o assunto.



sábado, 12 de novembro de 2016

Revisão Aspergillus - o que é? e como identificar!

Resumo e Revisão sobre Aspergillus - É um dos fungos responsáveis pela produção de micotoxinas (aflatoxina) em grãos armazenados (grãos ardidos) que ao serem consumidos pelo homem ou outros animais pode causar sérios danos a saúde.

Em outros casos pode causar doenças respiratórias e até a morte do paciente, os pacientes que apresentam maior risco de morte são os imunodeprimidos, transplantados de medula ou que fazem usos de altas doses de corticosteroides.



quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Designer drugs - Sabe o que é Drogas Sintéticas!

Drogas Sintéticas - São substâncias ou mistura de substâncias psicoativas produzidas em laboratórios clandestinos, através de meios síntese química a partir de componentes encontrados na natureza ou não.

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

GARDNERELLA VAGINALIS E O ODOR DE PEIXE PODRE

A vagina é um órgão naturalmente habitado por diversas bactérias, algumas “boas”, algumas “ruins”. Os lactobacilos são as bactérias “boas” e encontram-se normalmente em maior quantidade (cerca de 95% da população), impedindo o crescimento de bactérias potencialmente causadoras de doenças através do controle do pH vaginal e da competição por alimentos.


sábado, 2 de julho de 2016

Ejacular com frequência reduz o risco de câncer de próstata

Ejacular com frequência reduz o risco de câncer de próstata. De acordo com um estudo publicado recentemente na versão online da revista científica European Urology, homens que ejaculam pelo menos 21 vezes por mês têm um risco 20% menor de desenvolver este tipo de tumor. 

O estudo, realizado por pesquisadores da Universidade de Boston, nos Estados Unidos, acompanhou cerca de 32 mil homens ao longo de 18 anos. Durante este período, 3.839 participantes foram diagnosticados com câncer de próstata, dos quais 384 foram fatais. Veja detalhes no vídeo ao lado.